Sobre coisas do coração e da alma

4 fev

Não adiantaria eu te dizer milhões de vezes o quanto sinto tua falta, você não entenderia. Assim como você não entendeu antes, não entendeu que gostar vai além de muita coisa, e que rótulos não servem pra nada.

Não adiantaria agora eu te pedir pra voltar, porque mais uma vez discutiríamos as mesmas coisas, teríamos opiniões contrárias e acabaríamos onde estamos agora.

Incrível saber que a dor, às vezes, conforta. Que a saudade faz lembrar de bons momentos e ver que tudo que passou e que se sentiu foi real e maravilhoso.

Mas não adianta mais ter esperança por algo que não faz mais sentido. Procurar entender onde tudo se perdeu se não existem mais dois pontos a serem ligados.

É tempo de renovar, de seguir em frente. De encarar que nem sempre a esperança vale a pena e que a dor pode curar muita coisa e que a saudade pode ser um sentimento belo, quando não nos faz parar de viver.

Agora é a hora do “moving on”, do “let it be”. Chega de “miss you so much” e de “come back to me”. É, pode parecer estranho mas é hora de deixar tudo pra trás, de esquecer dos momentos, bons e ruins, é hora de focar no presente e futuro porque, graças à deus, tá tudo tão bom, um caos gostoso, uma intensidade que me faz sorrir todos os dias pela manhã. E isso não tem nada a ver com  seu sorriso e seu bom dia, é uma felicidade só minha.

Pois é, acho que eu já tinha deixado ir, só não me dei conta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: