manifesto – manifestar – manifestação

13 jun

Realmente não sei qual a origem de manifesto, manifestação, manifestar-se e sinceramente não me importo muito com isso… Mas acredito nesta ação coletiva que leva milhares de pessoas às ruas em prol da mesma causa.

Não concordo com rebeliões, quebra-quebras e violências. Sou contra todo e qualquer tipo de coisa que envolva violência, depredação e destruição do patrimônio público, até porque, somos nós mesmos que teremos que pagar o estrago. Enfim… Mas, em contra partida, não acredito que manifestações pacíficas cheguem a algum resultado. Pode até durar muito tempo, mas de algum lado sempre haverá algum tipo de repressão que resultará em violência, infelizmente.

De qualquer forma, conforme falou Manuel Castells, as manifestações, quando partem para a violência, perdem um tanto de sua credibilidade, ou razão, mas sempre resulta nisso, de qualquer forma. Outro ponto interessantíssimo que ele apresentou foi sobre como começa uma manifestação, que vem de uma inquietação pessoal mas que se torna coletiva, pois é de interesse comum de várias pessoas. Foram tantas outras coisas interessantes que ele disse, como o fato da riquíssima troca cultural e social que há durante as manifestações, e que, quando não há envolvimento político, é algo organizado pelo coletivo, ou seja, não há UM líder, mas sim todos que se envolveram, que divulgaram e participaram se sentem liderando numa forma corporativa e isso torna a manifestação ainda mais bela e pura.

Concordando com praticamente tudo, sobretudo na parte de ser contra a violência e depredações e achar realmente linda a troca cultural que há, penso que hoje a maioria das manifestações são de interesses políticos e quem participa não são as pessoas que realmente precisam da mudança (ex. preço das passagens de ônibus!! os trabalhadores realmente humildes não estavam lá). Honestamente, eu gostaria de ser mais ativa nisso, em Porto Alegre, mas não posso me dar ao luxo de ficar a noite no frio e na chuva manifestando sendo que no outro dia cedo trabalho, não posso correr o risco de ficar doente. Pode parecer besta isso, mas é sério. E as manifestações que começam as 17hrs?! Gente, me desculpem os ativos nas causas, mas quem trabalha, antes das 19hrs é impossível fazer qualquer coisa.

Pois é, mas ainda acho que a melhor forma de reivindicar é manifestando-se, mas teria como ser de uma forma mais pacífica? Não lembro de alguma que tenha tido um resultado positivo e que não tenha resultado em mortos, feridos, presos, depredações e muros pichados (apesar de eu ser completamente contra, me lembrar do que fizeram nos anos de ditadura militar me faz amar uma bela pichação como “ABAIXO A DITADURA”). Okay, okay… Voltando aos anos em que eu já era nascida e presenciei. Os caras pintados, acredito eu, foi a última manifestação dos jovens brasileiros que teve resultado. Na verdade, acho que foi a única vez que eu vi o povo brasileiro lutando por algo. Hoje, muito se fala, mas pouco se faz. Pouco se sai de trás da mesa do computador, do ar condicionado da casa dos pais ou do boteco da moda. Muito se discute, muito se reclama em redes sociais, mas pouco se grita, pouco se picha, pouco se vai atrás dos direitos. Exemplo disso? Onde anda o Feliciano?? Será que o povo exigindo pra valer, algo não aconteceria?!

Me envergonho de saber que também faço parte da parcela que muito discute mas nada faz, além de expor sua opinião em redes sociais. Queria que os tempos mudassem, que as pessoas fossem mais humanas, menos individualistas e que voltassem a lutar por um todo, sem interesses políticos e sim coletivo, cultural, realmente social. Queria ter um coletivo que eu pudesse acompanhar e gritar junto, sede de justiça, sede de manifestação, sede de um lugar melhor para viver.

Anúncios

Uma resposta to “manifesto – manifestar – manifestação”

  1. respingosdeideias junho 13, 2013 às 13:28 #

    Republicou isso em Respingos de ideias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: