sobre romances de inverno

7 ago

A sociedade adora rotular e titular tudo. Acho que é  uma necessidade que o ser humano tem de se sentir pertencente, de ser racional.
Por isso, divide os amores em temporadas: amor de férias, amor de carnaval, amor de escola, amor de faculdade, amor de viagem, e por aí vai… Mas eu nunca ouvi falar de amor de inverno, de romance que começa e termina durante o inverno. Tenho a impressão que os romances que começam pouco antes dessa época, ou durante ela (engraçado, sempre comecei meus namoros em períodos mais quentes do ano!!).
Todo mundo espera encontrar um pé para aquecer o  inverno… Agora, rumando a primavera percebi que o inverno é período de hibernar, de descansar a cabeça, de focar os planos e correr atrás de sonhos. Inverno é período de interiorizar. Quem passa um inverno sozinho e bem, duvido que vá chegar na primavera procurando qualquer tipo de romance.
Engraçado isso. Neste inverno tive o melhor dos romances da minha vida! Certamente o mais sincero, mais puro e mais intenso.
Desejo que os meus próximos invernos sejam assim, deliciosos, leves, gostosos, corridos, atarefados, cheios de sonhos, dramas, medos, tempestades, dias de sol, de paz e turbulência. Que meus invernos permitam hibernação, reflexão, construção de novos sonhos e realização de tantos outros.

 

punta del este - uy

punta del este – uy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: