sobre silêncios

3 set

Sempre escutei que às vezes, na maioria, era melhor ficar quieto do que abrir a boca e opinar.
Assim como descobri com o tempo que, infelizmente, também é melhor ficar em silêncio ao invés de expor sentimentos. Infelizmente mesmo, pois queria poder por tudo a perder sempre, quando se trata de gostar de alguém, mas as pessoas temem o sentimento alheio, não sabem lidar. Triste fato da sociedade.
Crescemos acreditando que esconder o que sentimos é oque deve ser feito. Meninas não podem dizer que gostam dos meninos porque dai eles fogem e meninos não podem dizer que gostam das meninas porque dai “deixam de ser meninos” e por ai vai… um ciclo vicioso e idiota.
Adoro o filme “ele não está tão afim de você”, por um motivo simples: não tem que ter joguinho, se quer, quer, demonstra, fala. Porque se preocupar tanto? Por que reprimir algo que deveria fazer bem? Por que sofrer se o sentimento é, além de absurdamente válido, verdadeiro?
É, se esconde e se sofre por covardia, burrice e principalmente por ego, por medo de ouvir um: “eu não estou afim de você” e nisso, as partes envolvidas na história toda podem estar interessadas mas com medo. Burrice! Sociedade burra que ensina a esconder coisas boas.
E daí, seguimos em silêncio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: